Na busca de ponteiros

por Lurdes Gomes

O cumprimento das leis, diplomas, regimentos, regulamentos e muitas outras normas deverá remeter para uma correta interpretação, bem como uma comunicação transparente, sejam sejam as organizações privadas ou públicas, de natureza social, recreativa, educativa ou qualquer outra.

As organizações têm vindo a sofrer de várias disfunções levando a um processo de deterioração pondo em risco a sobrevivência de algumas delas. Há grandes cientistas de organizações que abordam esta questão, contudo, numa análise mais profunda, será necessário acertar os ponteiros nas diferentes hierarquias e responsabilidades de uma qualquer organização.

A busca de ponteiros e/ou diretrizes numa organização precisará de liderados com forte sentido critico e uma verdadeira informação dos factos para poder decidir, com propriedade, na tomada de decisão. Na eventualidade dos líderes ficarem indiferentes às disfunções correr-se-á o risco de, tardiamente, quando a questão for colocada já não haja soluções plausíveis para colmatar as dificuldades vividas.

É, sem dúvida, o funcionamento das organizações que pode conduzir ao sucesso ou insucesso, nesse sentido, é básico observar e ver sem crivos ou sectarismos ideológicos do tipo “se não estás comigo estás contra mim”.

Os líderes de uma qualquer organização deverão saber escutar diferentes vozes para poder efetivar uma conciliação de forças e poder levar em diante todos os propósitos da estrutura. Há vozes, ruídos, que utilizam diversos talentos da maledicência, que não deveriam existir pois danificam a segurança organizacional.     

Os trabalhadores afirmam, muitas vezes, que o exemplo deve vir de cima, ou seja, por norma, dos seus superiores hierárquicos. Quando se trata de órgãos colegiais as decisões terão de ser tomadas em função da maioria tendo poderes legitimados para o efeito.

A título de exemplo: um sistema organizacional ineficaz tem por base estilos controladores autoritários levando a comportamentos tais como, apatia o presentismo o absentismo, a falta de pontualidade que vai comprometer a produtividade, os recursos, o empenho, entre outros.

Quando uma organização tem por base princípios psicológicos que não são harmónicos as pessoas da organização vivem em clima de rigidez, controlo intenso conduzindo a que as consequências negativas existam com mais força.

As disfunções das organizações são patologias contribuindo para o definhar das instituições. Devem existir regras com definições precisas e claras para que todos possam estar ao mesmo nível de entendimento e decisão, bem como, de simples operacionalização, devendo fluir nos dois sentidos, ou seja, de baixo para cima e de cima para baixo.

No caso de uma organização possuir um elevado grau de ambiguidade quanto à divisão de tarefas e quanto à autoridade para a tomada de decisão, é uma disfunção que deixa apreensivos os seus membros. Assiste-se a métodos de participação que são, muitas vezes, utilizados para descaracterizar e esconder a responsabilidade do processo decisório.

Por exemplo: numa organização hierarquizada e com funções/tarefas definidas competirá ao departamento de “recursos humanos” a obrigação de fazer a gestão de pessoal, desde as contratações até eventuais dispensas. Se isto acontecer numa organização que não possua uma distribuição clara de responsabilidades, quem possuirá tais funções/responsabilidades? Esta ambiguidade acabará por servir a quem quer tomar decisões sem que tenha legitimidade para tal, desresponsabilizando-se das medidas, apesar de as decidir e executar.

Espera-se que haja clareza e celeridade no reconhecimento das enfermidades de modo a serem tratadas para não evoluir para doenças crónicas sem qualquer tratamento possível.

Lurdes Gomes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.